Festejos de Yemanjá e Oxum reúne centenas de devotos e simpatizantes na orla do Cais do Rio Grande em Barreiras

As comemorações do 02 de Fevereiro, dia dedicado a festejar as Rainhas das Águas, teve início na madrugada desse sábado com a alvorada na casa do Ilê Axé Bara Bologum Oba Aomim, em Barreirinhas, seguida de uma carreata em direção ao Cais de Barreiras. Os festejos, ao longo do dia, destacaram a preservação ao Meio Ambiente com o tema “Ame e Preserve o Rio Grande” e contou o apoio da Prefeitura de Barreiras.

O cortejo terrestre iniciou às 17h percorrendo a Orla do Cais, descendo a rampa centenária até às margens do Rio Grande, onde as saudações a Yemanjá e Oxum foram marcadas pela entrega de presentes biodegradáveis como flores naturais, perfumes em frascos especiais, com o entoar de canções, pedidos e devoção. De acordo com o presidente da Associação Barreirense de Umbanda e Candomblé – ABUC, a festa dedicada à Rainha das Ondas e Sereia do Mar, faz parte do calendário municipal e é preparada com muito carinho pelos Filhos de Santo.

“Esse é o único momento que reunimos mais de 17 mil Filhos de Santo, em Barreiras. Essa é uma manifestação pública cultural que precisa ser reforçada todos os anos, o 02 de Fevereiro é uma data festiva e importante para nossa cidade”, destacou Simão Vilas Boas.

Esse ano além do 17° Grupamento do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Guarda Municipal, Cootrans, SAMU e da equipe de fiscalização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo, a Marinha do Brasil Capitania Fluvial do São Francisco, também esteve presente realizando a fiscalização das embarcações.

A vice-prefeita Karlúcia Macêdo, acompanhada do vice-presidente da Câmara Municipal, vereador João Felipe, da secretária de educação, Cátia Alencar, e da diretora de cultura, Diva Bonfim, também prestigiou o evento. Para a secretária de educação, a festa dedicada a Yemanjá e Oxum faz parte do calendário de comemorações do município e reforça a cultura popular. “Essa data já é uma tradição em Barreiras. É uma festa que reúne mais de 60 terreiros de umbanda e candomblé, e a Prefeitura apoia essa manifestação cultural com toda infraestrutura, segurança e informações que venham somar na beleza dos festejos”, disse.

Ao final, o público se divertiu com o show “O Batuque das Águas Sagradas” do cantor Bosco Fernandes. A apresentação, que acontece há cinco anos na Praça Landulfo Alves, trouxe um repertório musical com influências baianas e afro.

Dircom Prefeitura de Barreiras

Publicidade